Entendendo a arte

Alunos da AlfaSol visitam a Pinacoteca de São Paulo

Visando expandir os conhecimentos e a sensibilidade artística dos alunos do curso de Audiovisual da AlfaSol, na manhã desta quarta-feira dia 5 de Setembro, cerca de 28 alunos fizeram uma visita à Pinacoteca de São Paulo. Os jovens divididos em dois grupos, percorreram os corredores do museu testemunhando obras que relatam os primórdios de nosso país.

Incentivando a criação artística

“É muito pertinente e possível incentivar o jovem a desenvolver o próprio olhar”, diz a educadora Bianca Lunna, 38 anos. Para ela o curso de Audiovisual é de suma importância para a criação artística e da identificação da poética pessoal dos jovens da periferia. A democratização do acesso, foi um dos principais objetivos da visita realizada no dia de hoje, tendo em vista a quantidade de alunos do curso que mora em bairros periféricos da cidade.

Muitos alunos por conta dessa distância, não tem acesso a esses espaços públicos na região central, é o que complementa a educadora, “Essa visita foi para mostrar que a cidade é deles, mesmo eles morando na periferia, além de inspirar artisticamente também”,diz Bianca. Ela fala também na evolução artística que essa visita proporciona, atingindo diretamente na educação fotográfica que os alunos irão desenvolver.

Enquadramento é a alma da imagem

Para o aluno Alan Jesus de Oliveira Souza, a visita foi além de uma novidade, inspiradora. Segundo ele, conhecer a Pinacoteca mostrou como a arte pode estar interligada, “Nós podemos ver como o artista utiliza do olhar fotográfico para enquadrar a imagem e pintar o quadro” relata o jovem.

O aluno, que antes do curso da AlfaSol não tinha interesse pela fotografia, fala também sobre como a frequentar os encontros e aprender sobre audiovisual mudou sua visão sobre fotografia, que para ele se tornou uma forma de retratar a história. “Antes eu não sabia essas coisas de focar, enquadramento e ângulo, hoje eu já estou evoluindo a cada dia”.

É importante que o interesse dos jovens pela cultura permaneça vivo para quem sabe, em um futuro próximo, tenhamos maior cuidado com o acervo artístico e histórico que pertence à população do país.