Aprendendo uma nova língua

Turmas do projeto Oportunidades sem Fronteiras começam a aprender inglês em sala de aula

Mais uma turma do projeto Oportunidades sem Fronteiras, realizado pela AlfaSol, em parceria com a Elektro, deu início às aulas de inglês, nesta quarta-feira (27), em Piracaia, interior de São Paulo. As aulas de língua estrangeira fazem parte do processo de ampliação do conhecimento e de oportunidades para os jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade e que moram em abrigos.

Em frente aos computadores, os jovens tiveram o primeiro contato com a plataforma online, onde poderão acessar as aulas de acordo com a disponibilidade dos próprios horários, sendo, no mínimo dois encontros por semana e acompanhados pela equipe da AlfaSol. Cada jovem, com seu login, fez o reconhecimento de voz e deu início ao primeiro nível das aulas.

“Eu tive um pouco de dificuldade com as palavras porque o único contato que tive com inglês foi na escola, porém o ensino é mais ou menos. Não dá para aprender muita coisa. O legal é que a gente ouve a pronúncia da palavra e aprende como falar”, disse Thayani Caroline, 14 anos.

Para Thayani, a oportunidade de estudar inglês vai contribuir, no futuro, com seus projetos profissionais. “É um diferencial colocar no currículo que a gente sabe outra língua. Esse é o momento que tenho a chance de aprender um curso, uma língua estrangeira e me aperfeiçoar para ter a chance das mesmas possibilidades do que outras pessoas”, falou a jovem que cursa o oitavo ano do ensino fundamental, mas já pensa em prestar vestibular para medicina.

Educandos na primeira aula de inglês, em Piracaia (SP).

Educandos na primeira aula de inglês, em Piracaia (SP).

Marcio Junior, 14 anos, acertou 67% das questões, mas não hesitou em repetir o nível para treinar mais uma vez antes de seguir para o próximo nível. O jovem também concorda que aprender uma nova língua contribuirá para a vida profissional. No entanto, ele também tem outros planos.

“Eu quero viajar e conhecer outros países”, disse. “Falar ainda está sendo difícil porque nunca tive a oportunidade de aprender inglês. Mas a plataforma não é difícil porque trabalha com imagem e som, então, dá para associar aos poucos. Quero aprender logo porque quero sair do Brasil e conhecer outros lugares e pessoas”, falou.

Para a coordenadora do projeto, Heloisa Maria, os desejos podem ser diversos em relação ao aprendizado da língua estrangeira. O importante é possibilitar que esses jovens tenham ferramentas para participarem cada vez mais do convívio social.

“Não importa o que os move a fazerem o curso, se é aprender uma nova cultura ou ter um certificado para ter um bom emprego, o importante é que eles tenham motivação e autonomia tanto na vida profissional, quanto na pessoal para enfrentar novas situações desafiadoras, por meio do desenvolvimento de cursos de educação profissional, bem como de língua estrangeira”, disse.

Além da turma de Piracaia, outras 23 cidades do estado de São Paulo participam do projeto Oportunidades sem Fronteiras. No total, são mais de 180 jovens em sala de aula aprendendo sobre Ocupações Administrativas, Elétrica Básica e Língua Inglesa.

Alfabetização Solidária (AlfaSol)

R. Pamplona, 1005, 4º andar - Edifício Ruth Cardoso
CEP: 01405-200 | Jardim Paulista | São Paulo (SP)
Tel.: 55 11 3372-4300 | Fax: 55 11 3372-4339